Uma longa jornada # Resenha



A semelhança física de SCOTT EASTWOOD com o pai, Clint Eastwood é incrível!!!!! Protagonista do longa, que é centrado na tortuosa história de amor entre LUKE, um campeão de rodeio e SOPHIA, uma estudante universitária, apaixonada pelo mundo da arte, vivida por BRITT ROBERTSON.
O pai que protagonizou filmes de faroeste, faz com que o personagem de Scott lembre bastante, embora o filme não seja, e nem exatamente um filme de caubói.
O filme trata-se de uma história romântica sobre opostos que se atraem e as dificuldades que precisam ser superadas (como em tudo na vida), principalmente em algumas grandes histórias de amor. Concluindo, a história envolve sacrifícios.

UMA LONGA JORNADA é baseado no livro de mesmo nome do autor NICHOLAS SPARK.
Simples! O filme é super simples, que apenas nos quer passar a sensação de um primeiro beijo, nos mostrar a capacidade de amar e sermos amados.
Mais um daqueles filmes clichês, adaptados do livro de NICHOLAS SPARK, que todos sabemos que o casal vai acabar junto, mas o que vai correr antes de acabarem juntos, é o que nos move de seguir assistindo, não menos interessados na história, mas, de certa forma sem tantos sofrimentos... rs


Mas o legal dessa história é sentir quando o óbvio e o previsível conseguem ajudar ao invés de atrapalhar a narrativa. A mesma é descrita através de cartas, que nos remete ao passado e as possibilidades do tempo presente, com reviravoltas, que não se desviam do foco do casal principal Luke e Sophia, questionando os valores de um relacionamento ontem e hoje.

Uma coisa é declarar seu amor por alguém, outra muito diferente é aceitar que amar essa pessoa exige que você sacrifique os próprios sonhos. 
SOPHIA objetivando correr atrás dos seus sonhos, decidiu se mudar para a Carolina do Norte depois de receber uma bolsa de estudos para cursar artes plásticas, entretanto pretende mudar-se para Nova York, onde deve iniciar um estágio em uma galeria de arte.

LUKE viveu toda a sua vida, em meio à natureza e aos animais, tendo crescido numa fazenda e numa família de peões. Desde cedo soube o que queria para si: ser o melhor peão de montaria dos EUA. Mas, antes disso, Luke sabia que teria que desafiar a morte toda vez que montasse num touro.

O caminho de Luke e Sophia se cruzam num desses dias de rodeio. Ela, não queria se envolver, já que em breve partiria. Ele, entretanto, não quis desistir fácil, já que Sophia o encantou por ser tão diferente das demais. Mas, será que valeria a pena investir numa relação que têm os dias contados para terminar?
Na volta do primeiro encontro, Luke e Sophia socorrem um homem idoso, que acabara de se acidentar. O homem faz apenas uma exigência: que Sophia pegue uma caixa que ficara dentro do carro. Já no hospital,depois que Luke se despede, curiosa, Sophia espia o que tem dentro desta caixa e acredite: SÃO CARTAS DE AMOR!!!
E inesperadamente, Sophia se vê descobrindo a história de um casal: IRA E RUTH, que há muitos anos viveram um grande e inesquecível amor. Enquanto lê as cartas para o senhor, ela conhece e ele recorda e é aí que as duas histórias começam a fazer sentido.



Este era um dos filmes que estava numa pequena lista que eu queria assistir, até que finalmente consegui. Pretendia ler primeiro o livro, mas confesso que estou com uma lista interminável de leituras atrasadas, portanto, não há como comparar o filme com o livro, por isso, quero muito ler o livro e já estou providenciando meu exemplar.
Vi algumas resenhas negativas, mas é apenas questão de gosto. Me julguem, mas amo filmes clichês! E eu amo NICHOLAS SPARK, portanto, recomendo muitíssimo, para quem também gosta de um bom romance clichê.

                                                                               
                                                        

10 comentários

  1. Também amo os cliches rsrssr vou assistir esse paree maravilhos par nos amantes desses filmes rs

    ResponderExcluir
  2. Oi Liza, também gosto muito de filmes clichês, mas preciso intercala-los com outros mais autênticos para não cair na mesmice e me entediar facilmente. Quero muito ver Uma longa jornada por ter assistido O melhor de mim que também foi uma adaptação desse autor e ter gostado demais da história.

    Já nos livros eu não sei se quero dar mais uma chance, li O milagre e detestei :/

    Excelente post como sempre! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Preciso ler e assistir esse filme! Urgente! Rsrs!
    💛

    ResponderExcluir
  4. Já fiquei mega interessada em comprar
    Amo ler bons livros
    Inscrita aqui no Blog p acompanhar sempre
    Um bjo

    ResponderExcluir
  5. Oii,

    A história parece ser bem bonita e emocionante. Confesso que tenho meio pé atrás de ler os livros desse autor, mas estou bem curiosa em conhecer a história. Acho que vou ver esse filme, para saber se vou gostar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi falar muito dos livros desse autor, e com versões para o cinema, a obra fica ainda mais em evidência. Vou querer ver o filme e o livro. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  7. Que lindo. Nunca tinha lido esse livro, parece ser bem interessante. ❤

    ResponderExcluir
  8. Amei a resenha. Este livro ja está na lista dos desejados a tempos. Quero ele para acompanhar meus outros filhos do Nicholas. rs - Seguindo seu blog, te convido a conhecer o meu :)

    Blog Mais Feminice | FãPage | Canal do Youtube | Instagram

    ResponderExcluir
  9. Eu amo os livros de Niccolas, e amo as adaptações dos filmes. Tem um bom tempo que não leio nada dele e me deu uma saudades lendo a sua resenha. Uma longa jornada eu ainda não li, e também não assisti ao filme, mas já tem um bom tempo que o livro está na minha lista de desejados, já tá na hora de mudar isso <3 HAHAHA

    Beijos
    http://entre-linhaseparagrafos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adoro os livros de Nicholas Sparks, já li alguns e esse fiquei curiosa pra ler e claro depois assistir ao filme, sou dessas que curti ler antes de assistir pra ter ideia de como minha imaginação é certeira ou não. rsrs

    ResponderExcluir