A ESCOLHA livro vs filme


É fato que adaptar um filme para o cinema não é tarefa fácil. Agradar tanto a fãs da obra literária quanto um público que desconheça a história, pode gerar opiniões controvérsias, a de agradar apenas ao grande público e deixar decepcionado o público leitor. E é justamente aí que me pego a refletir.
Sei que livros e filmes tem ações diferentes. Por isso, sempre que assisto um filme baseado em um livro, procuro enxergar com uma visão mais aberta, principalmente porque a visão do filme sempre será com a do diretor que o realizou. (E assim sofro menos).
Olha aí, fui assistir a adaptação do livro de Nicholas Sparks, A ESCOLHA, para as telonas de cinema e como sempre fiquei na expectativa de ver as cenas sendo fieis a história da obra do autor. Houve mudanças, algumas pequenas, mas outras gritantes. Mas apesar disso, para quem leu o livro, assim como eu, percebe que o objetivo foi alcançado, porque fiquei emocionada e confesso, derramei algumas lágrimas e a essência da história foi mantida.

Mesmo assim, algumas coisas me incomodaram... E outras, achei extremamente bem-vindas.

CUIDADO!!!! spoilers!

Gabby que no livro é uma atraente ruiva, no filme passa a ser loira. São três e não dois casais, amigos de Travis. Achei super fofinho a troca de mensagens colocadas nas coleiras dos cachorros (cena essa que não existe no livro), pois ela o convida diretamente para o jantar em sua casa. Os pais de Gabby são somente mencionados no livro, e só aparecem para visitá-la no hospital, o que não acontece no filme.

O namorado de Gabby, Kevin, é um administrador de empresas, junto com o pai, e que constantemente viaja a negócios e adora golfe. Já no filme, Kevin passa a ser o médico na clínica onde Gabby trabalha... enquanto no livro o médico que trabalha com Gabby, é seu chefe e mesmo casado a assedia constantemente. (Essa mudança me desagradou).

No livro Travis ensina Gabby a andar de moto e não apenas passeiam.

Inventaram uma cena em que Gabby e Travis fugindo da chuva vão parar numa igreja, no qual o próprio pai de Travis congrega. (?)

Incluíram uma cena, onde Travis presencia um encontro de Gabby e Kevin no porto,  junto aos pais do mesmo. Travis se achega ao grupo, fazendo questão de que Gabby o veja. Então ela se destaca do grupo e vai ao seu encontro para desculpar-se. Travis a pressiona para que conte tudo ao namorado sobre o romance deles e Gabby fica indecisa. (Embora não existindo no livro, achei essa cena muito fofa).

Não são um casal, os filhos de Gabby e Travis e sim duas meninas: Chistine e Elisa.

No acidente de Gabby, quem dirigia era o próprio Travis.

Travis recebe um telefonema do médico comunicando uma mudança no estado dela e no filme resolveram inventar um presságio... (mas diga-se de passagem até que combinou... rsrs)

Stephanie, irmã de Travis não se casa e muito menos engravida... rsrs. Ela namora um cara, que na verdade já a pediu em casamento, mas ela ainda não se sente pronta para casar.

Preciso destacar a excelente trilha sonora. Dá uma escutada nessa aí de baixo. Nada menos que a SIA, diva do momento.


 Sia/Fire Meet Gasoline do filme A ESCOLHA

Conclusão:

Mesmo com todas essas diferenças entre o livro e o filme, vale a pena dar uma conferida, pois o mesmo foi feito com cenas muito fofas e bem emocionantes!

Fica a dica!!!

                                                           

                                                                                     

30 comentários

  1. Eu confesso que prefiro o filme, mas optar pelo livro e o filme é válido:)
    Bjcas
    www.estou-crescendo.com

    ResponderExcluir
  2. Beth muitas vezes os filmes não mostram tudo como nos livros, mas como não tenho tenho muito tempo pra ler eu também prefiro assistir o filme, pois o filme parece ser mais real, Beth beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Eu nunca vi o filme e nem o livro. Gostei muito do post e vou procurar o filme para ver. Parece ser muito bom e depois vou ler o livro e ver qual é o melhor 😉
    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Não cheguei ler o livro, mais pela sua resenha vale a pena
    ler o livro e ainda assistir o filme,
    gosto de filmes que emocionam
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga,entre escolher entre o filme e o livro eu ainda prefiro o filme. Já disse em outras resenhas,que a preguiça de ler chegou aqui em casa e ficou.
    Vou tentar alugar esse filme para o final de semana.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Eu dificilmente comparo. Sou mais dos filmes já que posso assistir fazendo outra coisa. Coisas de quem tem tempo curto. Rs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu dificilmente comparo. Sou mais dos filmes já que posso assistir fazendo outra coisa. Coisas de quem tem tempo curto. Rs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá, ainda não li o livro... mas sempre opto por não comparar para não dar decepções. rs Adorei a comparação que fizestes com ambos. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Algumas coisas mudam no filme e no livro pelo que vi no seu post. Por isso acho bem interessante os dois, embora é preciso saber conciliar o tempo para a leitura do livro.
    Gostei do seu post amiga Elizabeth! Você é chará da minha filha mais velha :)
    Beijinhos!
    https://dulcineiadesa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Muitas vezes a sempre uma mudança,mas quando o objetivo é alçando e o filme fica bom , ja ganha um ponto com a gente.
    Quero muito assistir esse filme

    ResponderExcluir
  11. As vezes fico me perguntado o porque no filme certas coisas não são como no livro que originou o mesmo, fica sempre aquele questionamento "porque?"
    Mas o certo é que ma maioria das vezes o livro é sempre muito melhor, mas já me aconteceu de curtir mais o filme do que o livro (coisa rara).

    Ando doidinha pra ver esse filme, gostei do que disse Elizabeth, como eu não li o livro acho que vou adorar o filme ...

    Bjos
    Minda =D

    ResponderExcluir
  12. eu prefiro ver o livro primeiro e depois o filme
    as vezs sai diferente né emsmo ?

    ResponderExcluir
  13. O livro é sempre mais rico em informações, eu costumo ler o livro e só depois assistir ao filme.
    Beijos
    www.beabadabeleza.com.br

    ResponderExcluir
  14. Querida eu escolho os dois sempre que leio um livro muito bom eu procuro so depois o filme porque o filme clareia aquelas ideias que insiste em deixar a gente na duvida na hora da leitura.

    ResponderExcluir
  15. Eu prefiro livro, pois acredito que eles sempre nos coloca dentro da história, quase como um personagem
    gostei do post

    Beijos
    Rafael

    ResponderExcluir
  16. Não vou mentir, sempre prefiro filmes, ainda não li o livro e nem vi o filme, mais acredito que muitos se decepcionam porque na leitura há a interpretação e a imaginação do leitor, e quando passa para a tela é interpretação e imaginação de uma outra pessoa.

    Beijos
    www.mariaulhoa.com

    ResponderExcluir
  17. Como ainda não li e nem assiti ao filme, não li seu post inteiro por conta dos spoilers, mas minha opinião sobre esse assunto é que o filme nunca será tão bom quanto o livro. (na maioria dos casos)

    www.universomacherie.com

    ResponderExcluir
  18. adoro livro, mas o filme sempre tem seu valor, parece q ilustar o que estavamos imaginando. beijos

    ResponderExcluir
  19. Eu adooooro ler o livro depois do filme...
    Quando eu leio antes, eu penso: Ah, mas não era essa voz, não era esse rosto...
    kkkkkkkk
    Bjuss

    ResponderExcluir
  20. Esse negócio de ler o livro e depois assistir ao filme acaba me deixando bem decepcionada, como exemplo posso citar a culpa é das estrelas que quando li me emocionei muito, mas o filme, não gostei tanto e me pareceu até meio bobo rsrsr é que acabamos por imaginar nossos próprios personagens quando lemos o livro, independente das descrições do autor, e no filme eles já estão prontos e me sinto sempre muito fechada para construir qualquer possibilidade de ação. Quero muito ler e assistir a escolha, pois vejo muita gente falando sobre e gostaria de conhecer esta história a fundo. bjs

    ResponderExcluir
  21. Nunca li, mais sempre prefiro mais o livro do que o filme pois você imagina do seu jeitinho, no seu mundo. Fiquei curiosa para ler o livro... Vou acabar de ler o que estou lendo e começo esse haha
    Bjs!

    ResponderExcluir
  22. Eu não sabia que tinha saído o filme, parece ser uma estória nem fofa. Vou conferir o filme.

    ResponderExcluir
  23. Sei bem como é ficar emocionada por saber que os livros que leu ganhou versão pra filme e ao mesmo tempo ficar triste por algumas "mudanças" na trama. Isso aconteceu comigo com o Percy, o filme foi uma bagunça, incluiu fatos dos 3 primeiros livros, mudou a personalidade dos personagens :(, dai muita gente que assistiu não gostou e acabou julgando o livro. O livro não tem comparação, muito bom.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Gosto de adaptações porque nem sempre dá pra ler o livro, mas o livro é bem mais completo né? nem tem como comparar as emoções de se ler e no filme não tem tudo! bjo

    ResponderExcluir
  25. Eu prefiro livros do que filmes hahha eles nunca gfazem igual ao livro beijos

    ResponderExcluir
  26. Eu Prefiro Livros, mais tem alguns filmes que eles fazem direito com Harry Potter por exemplo!rsrs
    mais a emoção de ler não tem preço!
    bjúús

    ResponderExcluir
  27. Mesmo que tenha algumas coisas diferentes eu prefiro filmes pois nao sou chegada em ficar lendo livros bjs

    ResponderExcluir
  28. Eu prefiro filmes, mas tem livros que não há filme algum que passe a emoção necessária.
    um beijo
    BLOG By Jeeh Sena
    INSTAGRAM

    ResponderExcluir
  29. Na grande maioria das vezes eu prefiro o livro. Dificilmente o filme consegue pegar toda a essência das páginas, todas as descrições e fatos importantes.

    Em relação às adaptações dos livros do Sparks eu não costumo ver muita diferença, até porque as obras dele tem uma essência bem parecida heheh

    ResponderExcluir
  30. Olá Beth, assisti primeiro o filme e achei lindo, logo em seguida procurei o livro para ler e fique um pouco decepcionada pq tem inuuuuumeras cenas em que o filme e o livro não tem nada a ver rsrsrsrs me sinto como se estivesse vendo duas historias diferentes com as mesmas pessoas, mas como vc disse o livro e o filme tem a mesma essência, porém não me atrevo a escolher nem um nem o outro como preferido. os dois são ótimos.

    ResponderExcluir